Ficção de Polpa volume 1 – comentários

polpa1-350

Recebi, no começa desta semana, os três livros Ficções de Polpa, gentilmente me enviados pelo Rodrigo Rosp, não-editor da Não Editora. Recebi também o Areia nos Dentes, enviado pelo Antonio Xerxenesky. Agradeço muito a ambos pelas agradabilíssimas horas de leitura que estarão me proporcionando.

Terminei o Ficções de Polpa 1, ontem pela manhã. Que posso dizer?

Que foi uma agradabilíssima surpresa. É fato que esses autores, em sua grande maioria, foram (e são, aposto que sim) burilados pelo mainstream, produzindo obras com tal esmero técnico que causa admiração a alguém (eu) acostumado com textos mal ajambrados.

A julgar pelo que li, creio que os próximos volumes me surpreenderão da mesma maneira.

Parabéns ao Samir Machado de Machado pela organização.

Vamos aos comentários individualizados, conto a conto:

1- O Homem que criava fábulas – Samir Machado de Machado

Um conto inquietante. Muito bom.

2- Carne – Guilherme Smee

A idéia de explorar a história sob o ponto de vista do zumbi é interessante, mas a condução da trama deixa a desejar.

3- Linguista – Rodrigo Rosp

Um conto perturbador. Impactante. Muito bom.

4- Cosmologia – Marcelo Juchem

Esse conto é obsessivo e inquietante. Começou a coçar um dos meus ouvidos. Me apavorei. Muito bom.

5- Os internos – Gustavo Faraon

Passei a leitura sem sentir nada a não ser tédio. Não há emoções na narrativa, tudo transcorre de forma fria. Descrições exageradas, protagonista sem carisma.

6- Dias de fome, noite de cão – Sergio Napp

Um conto razoável, mas sem surpresas.

7- O homem dos ratos

Esquizofrênico e inverossímil. Impossível acreditar que Marta tivesse suportado a situação por tanto tempo.

8- Tempestade em Coney Island – Rafael Kasper

Um primor. Excelente conto, impressivo.

9- Ventre – Roberta Larini

Comecei a leitura sentindo cheiro de clichê no ar. A velha história do psicopata e do delegado eficiente. Mas é bem conduzida e o final me surpreendeu. Bom conto.

10- Funghi – Luciana Thomé

Que conto louco! Quantos cogumelos a autora tomou antes de escrevê-lo? Rsrs

11- Vãos – Alessandro Garcia

Envolvente história. Acho que poderia ter sido um pouquinho mais curta, sem prejuízos à estrutura. Condução narrativa excelente.

12- A meia-noite do fim do mundo – Fernando Mantelli

Um conto que destoa dos demais. De certa forma caminhou bem até as batidas na porta, quando Ana ouviu o que parecia ser seu filho morto a chamá-la. A mudança de rumo, trazendo Nyarlathotep estragou tudo. Uma pena.

13- Cabeça de arroz – Annie Piagetti Müller

Vou ficar sem comer arroz por um bom tempo. A autora quis tornar o conto nauseante e conseguiu. Apesar do sucesso, não gostei.

14- O fígado – Silvio Pilau

Destarte a originalidade, a condução infelizmente não é das melhores.

15- O desvio – Antonio Xerxenesky

Errou, Antônio! Eu sou o Diabo!
Um excelente conto cujo final não pode ser entrevisto até que se chegue à última e derradeira linha.

16- Quando eles chegaram – Rafael Bán Jacobsen

Lembra argumentos já largamente utilizados em ficção científica, mas é pungente e muito bem escrito. Chega a ser desesperador. Um ótimo conto.

A faixa bônus, com o conto O cão de caça de H.P. Lovecraft, dispensa comentários.

Anúncios

Tags: , ,

7 Respostas to “Ficção de Polpa volume 1 – comentários”

  1. Lu Thomé Says:

    Quantos cogumelos? Nem te conto, Tibor! Valeu pela resenha e pela divulgação! Abraço!

  2. Saint-Clair Stockler Says:

    Só a capa já dá vontade de comprar o… o… livro?… revista? Linda!

    • Tibor Moricz Says:

      As capas são fenomenais, Saint. Só tendo os livros (LIVROS!!) nas mãos para constatar. Um excelente trabalho editorial. Fiquei bastante impressionado.

  3. Alessandro Garcia Says:

    E aí, Tibor.
    Obrigado pela leitura e pelos elogiosos comentários.

    Grande abraço,

    Alessandro.

  4. Mundo Livro » Blog Archive » Zumbis, robos, monstros e Machados Says:

    […] com a coleção pode ler no blog do escritor Tibor Moricz resenhas conto a conto dos três volumes (Volume 1, Volume 2, Volume 3). A primeira coletânea, por sua vez, já está na terceira […]

  5. Ficção de gênero em debate | trecos & trapos Says:

    […] ocorreu por ocasião do relançamento do primeiro volume da série literária Ficção de Polpa (Volume 1, Volume 2, Volume 3) da Não Editora – o primeiro volume já está na terceira […]

  6. Alex Says:

    Desculpe a audácio, meu caro. Mas creio que não gostaste do melhores contos… Talvez deva rever seus conceitos… O simples também pode ser primoroso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: