Fora do lugar de Rodrigo Rosp – Comentários

Fora do lugar de Rodrigo Rosp foi minha segunda leitura do ano. Não levei mais que algumas horas para lê-lo inteiro. Depois voltei a ler, com mais atenção. É um hábito meu quando o livro me permite isso. Pequeno, com apenas 80 páginas, os treze contos correm pelas páginas sem nenhuma dificuldade.

Este é o sexto livro publicado pela Não Editora que li até agora. De todos, o mais fraco.

A promessa de causar estranhamento começa na capa e para por aí mesmo. Ela é, com certeza, a melhor coisa do livro. Tenho uma visão muito minha a respeito do estranhamento na literatura e para que esse recurso seja efetivo, é necessário que atue de forma sutil e não escancarada.

O livro escancara o que deveria ser estranho, transformando-o em bizarro ou grotesco.

Em vez de incomodar ou causar inquietação, sentimentos normais quando percebemos que algo está mesmo fora do lugar e não conseguimos determinar isso com clareza até que a distorção se apresente, ou quando gravitamos por essa distorção, não conseguindo compreendê-la satisfatoriamente, a leitura corre sem sobressaltos.

Rodrigo Rosp escreve bem. Escreve direito. Mas não consegue causar esse estranhamento.

Li numa outra resenha (ambrosia) que o livro não é mamão com açúcar. Eu não concordo. Fácil de ler, fácil de compreender; sem disfarces, sem malabarismos lingüísticos, sem artifícios, sem experimentalismos. Como a água que passa por debaixo da ponte. Mas também não emociona, não choca, não perturba, não surpreende.

Existem, claro, contos que se destacam um pouco mais. Nesses, saliento dois de que gostei muito: Coração da noite e Lingüista. Esse segundo conto já tinha lido no Ficção de Polpa e elogiado bastante na ocasião.

Para uma antologia que se pretendia perturbadora, Fora do lugar decepcionou. Mas o autor mostra, assim mesmo, que consegue alcançar o efeito desejado num ou noutro conto. Bastaria um trabalho de seleção de contos mais criterioso, um trabalho de análise mais extenuante e uma pré-crítica mais efetiva e provavelmente eu teria lido um livro bem melhor.

Anúncios

Tags: , , ,

Uma resposta to “Fora do lugar de Rodrigo Rosp – Comentários”

  1. Saint-Clair Stockler Says:

    A capa é LINDAAAAA. Merecia um prêmio!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: