Amor Liberto de Ademir Pascale. Lido e comentado.

Atendendo ao pedido de Ademir Pascale, li seu último lançamento, o e-book Amor liberto e faço aqui as minhas considerações.

Sinopse:

O que aconteceria com suas crenças se descobrisse que a história que cerca o homem mais conhecido do mundo foi alterada? Como ficariam os alicerces da Santa Igreja se você descobrisse que demônios são entidades poderosas e desconhecidas que caminham sobre a Terra, anjos não existem e que Deus se locomovia numa nave hiperavançada desde antes do início da era cristã?
O início se deu numa gruta, quando uma adolescente de dezesseis anos fez uma escolha que mudaria todo o rumo da humanidade.”

***

Pascale retoma o assunto Jesus Cristo, sua peregrinação e crucificação sob uma ótica que se pretende diferenciada. Como a própria sinopse já entrega, Pascale coloca Deus numa nave espacial, dá a Jesus uma segunda vida que corre paralela, que vai além da messiânica (na verdade isso não está na sinopse) e reconstrói o cenário conhecido por todos às vésperas da crucificação.

Há a evidente intenção de chocar, de causar espécie nos leitores. Mas Pascale erra a mão quando, no intuito de chocar, consegue apenas repetir a fórmula de outros autores e pesquisadores como J.J. Benitez, Dan Brown e Erick Von Daniken. Não existe um cenário novo, não há nada que diferencie essa abordagem de outras. Assim, não há choque.

Pascale poderia ter aproveitado a intenção de surpreender para, de fato, fazê-lo. Pesar mais a mão, afrontar cristãos e não cristãos. É essa a missão do escritor: inquietar. Repetir fórmulas não alcança o mesmo êxito.

Então, quando a sinopse me pergunta o que aconteceria com minhas crenças, respondo dizendo que não aconteceria nada. Porque minhas crenças já foram experimentadas por outros autores que me apresentaram as mesmas questões e o fizeram com bem mais eficácia.

Amor Liberto é leitura rápida e descompromissada. Reveste-se com o propósito de suscetibilizar os leitores, mas não atinge o alvo. Não funcionou comigo, talvez funcione com outros. Adjetivação excessiva também atrapalha a fruição do texto e empobrece a prosa.

***

Título: Amor Liberto
Autor: Ademir Pascale
Capa, layout e diagramação: Marcelo Bighetti
Ilustração: Vasili Vasilyevich (1842-1904)
Gênero: Fantasia/Ficção Científica
Nº de páginas: 16
Ano: 2012
Arquivos disponíveis: PDF, ePub, Mobi
Preço para venda diretamente com o autor: R$ 2,00

Tags: , , , , , ,

2 Respostas to “Amor Liberto de Ademir Pascale. Lido e comentado.”

  1. Horacio Corral Says:

    Uma boa obra com uma proposta semelhante mas de um grande autor é BEHOLD THE MAN do Michael Moorcock, também publicada em Portugal pela excelente editora Saída de Emergência como EIS O HOMEM. Obra curta, menos de 150 páginas, inteligente e chocante. Um dos meus livros preferidos.

  2. Wilson Says:

    Mas esses três autores que você falou (quatro com Morkook) repetiram a fórmula um do outro, com sucesso. A história original é do NIkos Kasantzakis,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: