Posts Tagged ‘Luiz Roberto Guedes’

Portal Fundação – Comentários 2ª parte.

12/01/2010

Animmalia – Giulia Moon e Roberto Melfra

Esse conto traz um cenário exótico, pra dizer o mínimo. Inusitado também. Animais objetos de estudo de uma empresa de entretenimento desenvolvem mais que simples respostas a alguns comandos pré-estabelecidos. Matam em defesa própria. Uma narrativa bem fluente e trama detetivesca divertida e bem conduzida.

Habeas mentem – Ricardo Delfin

Esse é, ao meu entender, o conto mais fraco desse Portal. Narrativa apressada, confusa e equivocada em alguns momentos.
O autor desse conto foi fagocitado pela idéia (parafraseando o Braulio Tavares) e esqueceu de que estava fazendo literatura. Apresentou-nos a ideia e esqueceu-se de contar a história.

Sob as sete luas de sirena – Luiz Roberto Guedes

Ótimo conto. Ficção científica e horror numa trama muito bem ambientada.

O guarda-mor, a urutu dourada e o disco voador – Martha Argel

Conto em ritmo de “causo”, dando uma explicação bastante criativa para a existência de OVNI’s em regiões rurais, praticando abduções. Narrativa bastante divertida. Um bom conto.

A pescaria – Maria Helena Bandeira

Cenário exuberante, mas um conto incompreensível.

Até acabar este cigarro – Maria Helena Bandeira

Vixe…

Parállaxis – Maria Helena Bandeira

Qual é…

Opções imperfeitas – Maria Helena Bandeira

Cartoon Network rules.

Sol velho – Maria Helena Bandeira

Um conto perturbador. Cenário inquietante, perspectiva assustadora. Gostei muito.

Deslocalidade – Marco Antonio de Araújo Bueno

Já tinha lido esse conto antes, creio que no blog do autor. Muito bom. Cenário distópico perturbador. Narrativa muito bem conduzida. O Marco é um artesão da palavra, só fico puto quanto ele resolve liberar seu lado lisérgico e extrapola na punhetação.

Eu? – Marco Antonio de Araújo Bueno

Cadê a FC? Todo o traço de ficção científica devia estar dentro do lápis vermelho. Como não achou o lápis, não achou o traço. Ficou só o blá-blá-blá.

O prelo – Marco Antonio de Araújo Bueno

Olha a punhetação, aí.

Índex – Rodrigo Novaes de Almeida

Muito chato. Parei de ler duas páginas antes do fim.

Corpo seco – Leandro Leite Leocádio

Cadê a FC? Ainda no traço do lápis vermelho que desapareceu. Corre que o Seco pega!

O cérebro – Leandro Leite Leocádio

Conto bastante interessante e com abordagem original. Passa pela FC de raspão. Gostei.

O homem que parava o tempo – Leandro Leite Leocádio

Poesia transformada em prosa (proposital). Pra mim, não funciona. Fica parecendo um texto cheio de rimas e ecos; falhas de estilo.

Sésamo, bananas e kung-fu – Brontops Baruq

Bem escrito, mas passei batido pela leitura. Não me fisgou.

(hipocampo) – Brontops Baruq

Bom exemplo de que rigor narrativo, precisão de estilo e atenção à forma não impedem o desenvolvimento de uma boa história.

(história com desenho e diálogos) – Brontops Baruq

O autor mostra que tem talento para causar perturbação. Drama familiar durante ataque alienígena em guerra contra a humanidade. Um ótimo conto em ritmo de diário ou de literatura apócrifa.


Pedro Moreno

Portfolio Online

Blog do Vianco

A vida de um escritor, roteirista e dramaturgo de Osasco.

Além das estrelas

Fantasia, ficção e ciência

frombartobar.wordpress.com/

Just another WordPress.com site